Cirurgia da Coluna

Centro de Cirurgia da Coluna
Centro Clínico Mãe de Deus - Rua Costa, 30 - Sala 603
Fone/Fax: (51) 3230.2728 - Porto Alegre/RS
Blog

Esportistas são os que mais sofrem com dores na lombar, aponta pesquisa

Escrito 20/11/2017
Cerca de 80% da população mundial convive com esse problema.
 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% da população mundial têm ou terá dor lombar em algum momento. Só no Brasil, 50 milhões de pessoas, por ano, se queixam da dor. Entre a comunidade esportiva, este sintoma é muito comum e pode ocorrer devido à prática inadequada de exercícios físicos ou mesmo por conta do mau condicionamento físico.

A lombalgia, dor que acomete a região lombar, parte inferior da coluna vertebral, se apresenta de forma aguda e crônica. Normalmente, causa um pequeno desconforto, principalmente quando a pessoa fica muito tempo na mesma posição, o que pode fazer com que a dor aumente progressivamente, agravando o desconforto da região. Em alguns casos, existe dor para caminhar, quadros de queimação e formigamento. Apesar de atingir pessoas de qualquer idade, a lombalgia costuma acometer homens e mulheres com mais de 30 anos, momento em que se inicia a perda da elasticidade e desgaste do disco.

Segundo o especialista em ortopedia, traumatologia, cirurgia da coluna vertebral e professor da Faculdade de Medicina Santa Marcelina, Dr. Luiz Cláudio Lacerda Rodrigues, no início dos principais sintomas é necessário ter muita atenção, pois a ausência de tratamento pode causar danos permanentes. "Em atletas, a lombalgia é um dos principais motivos da incapacidade física, devido aos movimentos de flexão e rotação do tronco com sobrecarga da coluna. Categorias como o atletismo, ginástica, judô, mergulho e salto com vara são exemplos e práticas que, por conta do peso na estrutura vertebral, podem desencadear a dor lombar", explica o especialista.

Quase 70% das lesões são em adolescentes atletas que, muitas vezes, ainda estão na fase de desenvolvimento corporal e acaba prejudicando o seu desenvolvimento por conta do excesso de treinos. Já entre os adultos praticantes de esportes, o que mais se nota são lesões relacionadas às distensões musculares e problemas nos discos intervertebrais, associados às práticas inadequadas e falta de uma orientação específica.

O diagnóstico pode ser feito clinicamente por um médico, após uma anamnese (entrevista utilizada por psicólogos e médicos que possui técnicas para poder estabelecer uma avaliação e diagnóstico) e um exame físico detalhado. Para o tratamento o médico pode recomendar repouso e afastamento das atividades físicas, sessões de fisioterapia, RPG e Pilates, pois visam fortalecer a musculatura e são muito úteis no caso de despreparo físico. O médico também deve ser o responsável por prescrever medicamentos como analgésicos para a redução da dor ou anti-inflamatórios para evitar ou diminuir uma possível inflamação.

“Apenas lembrando que dor lombar que impeça de dormir ou que dure mais de cinco dias é recomendado procurar a ajuda médica”, finaliza o especialista.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/478230/esportistas-sao-os-que-mais-sofrem-com-dores-na-lombar-aponta-pesquisa

Comentários

Não existem comentários

Postar um comentário



 Postagens antigas