Cirurgia da Coluna

Centro de Cirurgia da Coluna
Centro Clínico Mãe de Deus - Rua Costa, 30 - Sala 603
Fone/Fax: (51) 3230.2728 - Porto Alegre/RS
Blog

SED – YESS: A mais nova técnica de cirurgia das hérnias discais por vídeo

A Discectomia Endoscópica Seletiva ou SED (Selective Endoscopic Discectomy™) é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva que utiliza um endoscópio para tratar discos herniados ou degenerados que estejam causando dor lombar ou ciática. O endoscópio permite que o cirurgião acesse a patologia fazendo uma incisão muito pequena (cerca de 0,5 cm), onde os músculos e outros tecidos são dilatados ao invés de cortados. Isso permite evitar a anestesia geral e leva a menos dor pós operatória, tempo de recuperação mais curto e reabilitação mais precoce. A excelente visualização proporcionada pelo endoscópio possibilita a retirada de partes do disco que estejam contribuindo para a dor, mesmo através de uma abordagem tão pequena.
 
A Anuloplastia Térmica (Thermal Annuloplasty) é um procedimento que pode ser realizado conjuntamente e utiliza energia eletrotérmica (radiofrequencia ou LASER) para eliminar tecidos discais inflamados.
 
O sistema endoscópico utilizado chama-se YESS (Yeung Endoscopic Spine Surgery system) e foi criado pelo Dr. Anthony Yeung, com instrumentos desenvolvidos pela Richard Wolf Instrument Company. A técnica é uma evolução da Microdiscectomia Artroscópica (AMD – Arthroscopic Microdiscectomy), criada pelo Dr. Parviz Kambin, e foi validada com estudos monitorados pelo Institutional Review Board no St. Luke’s Medical Center (Phoenix, Arizona). O procedimento desenvolvido pelo Dr. Yeung está publicado em literatura revisada e tem sido um tópico de grande interesse nos congressos internacionais de coluna.
 
Alguns pacientes que seriam destinados para cirurgias de artrodese podem ter uma alternativa menos invasiva par alívio da dor. O procedimento é aprovado pelo FDA e o Dr. Yeung vem treinando cirurgiões de outros estados e nacionalidades, de forma que o procedimento esteja disponível em outros países.
 
 
SOBRE O PROCEDIMENTO
 
O procedimento é realizado sob anestesia local, com o paciente levemente sedado, de forma que fique confortável mas desperto o bastante para realmente poder sentir se a pressão sobre a raiz nervosa está sendo retirada ou se o nervo está sendo estimulado, o que faz com que a técnica seja muito segura. O uso de monitorização neurofisiológica durante a cirurgia pode aumentar mais ainda a segurança do procedimento.
Uma pequena incisão de aproximadamente meio centímetro é feita nas costas, lateralmente à coluna. Este ponto de entrada é calculado através de uma técnica desenvolvida pelo Dr. Yeung, utilizando medições realizadas com raios-X trans operatórios. A colocação dos instrumentos também é realizada com auxílio de raios-X. Uma série de dilatadores é inserida, até que um tubo de trabalho (cânula) com o endoscópio é instalado no disco. 
O endoscópio é uma câmera de vídeo específica para cirurgia, com canais para passagem dos instrumentos cirúrgicos e um sistema de lavagem constante do campo operatório com soro. Além dos instrumentos cirúrgicos, eletrodos de radiofrequencia podem ser utilizados para controle de sangramentos e cauterização de tecidos inflamados.
Sob a visualização endoscópica, pode-se retirar hérnias discais, ressecar ou cauterizar tecidos discais degenerados e ampliar os espaços para passagem dos nervos.
Nos casos de hérnias discais extrusas (com fragmentos separados do disco), pode acontecer de um fragmento não poder ser retirado pela endoscopia, mas isso ocorre apenas em cerca de 10% dos casos.
O tempo de cirurgia costuma ser de 30 a 45 minutos e o procedimento pode ser realizado em regime ambulatorial, sem necessidade de internação.
 
 
PÁGINA ORIGINAL DO ARTIGO:
DISC (DESERT INSTITUTE FOR SPINE CARE)
http://www.sciatica.com/sed-surgery/what-is-sedyess.html
 

Comentários

Não existem comentários

Posting comments after três meses has been disabled.

 Postagens antigas